domingo, 5 de fevereiro de 2012

Vital

Precisamos sempre ver muito além do nosso próprio horizonte, 
ver além dos nossos obstáculos, além dos nossos problemas,
devemos procurar avistar aquela fresta de sol sob as montanhas
de outros países, de horizontes maiores e mais amplos que os nossos.
Precisamos parar e ter uma certa conclusão antecipada dos fatos que nos rodeiam
precisamos saber até que ponto devemos deixar de lutar.
Desafiar o medo é algo extremamente necessário, deixar comodismos para atrás
é automático.
O negócio é viver e abrir os braços para abraçar as alegrias e afastar os males.

Nenhum comentário:

Postar um comentário