terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um Desejo?

Desejo o seu abraço, a sua voz numa simples conversa;
um engasgo de não ter resposta;
você contando seus sonhos.
Desejo você me dizendo o quão sonhador é;
o quanto estranho também;
e o quanto apenas vive o hoje.
Desejo você repetindo meu nome;
você segurando minha mão;
dizendo que eu sou dona do seu coração.
Desejo tanto;
Desejo você!
Que de seu simples encanto
fez eu ver o quanto lindo e maléfico
é amar o que não se pode ter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário