sábado, 22 de outubro de 2011

Delírios de um Cochilo...

Era uma sala branca, paredes de gesso um ambiente pesado sem nada que me encantava. Eram meus passos apressados que ecoavam pela sala, no forro milhares de florescentes clariavam o lugar, era tudo tão branco que eu nem podia calcular a que distância eu estava da parede, e eu corria, corria para qualquer lugar e eu olhei pra baixo eu estava totalmente de branco até minha pele havia se transformado mais branca que o normal, minha veias estavam mais azuis e mais nítidas...Corri muito até chegar a um corredor todo branco também e então uma porta branca surgiu, quase bati de cara nela, e então eu a abri estava em um hospital abandonado, os corredores estava bem a minha frente eu escutava uma menina chorando, soluços vinham do corredor do meio... Estava tudo sujo,empoeirado cheio de coisas velhas, mesas e panos encardidos no chão, achei a menina chorando com os olhos cobertos pelas mãozinhas que estavam bem limpas segurei no braço dela e procurei uma saída, eu sabia que ali não era um bom lugar para se estar, a menina chorava muito mais eu deveria passar tranquilidade, tentava não correr para não assustá-la mais então foi ficando escuro, a menina apertava forte em minha mão até que "Amanhã Colorido" tocou e eu tinha que acordar para executar a profissão de manicure.

As vezes eu tenho sonhos que dariam uma boa história... Achei esse bacana para dividir com alguém!
Beijos Amados! Bom Final de Semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário