terça-feira, 4 de outubro de 2011

*Amores*

Eu sempre gostei das borboletas
desde muito tempo, quando ainda era pequena
deve ser pelo modo e leveza 
que elas possuem em voar com destreza 
em poder te acesso a muito lugares
ir para o longe, seguir as próprias vontades
admiro o modo em que chegam sem avisar
e que sem se esforçar encantam quem passa a olhar
os simples detalhes que estas são donas
sejam elas pequenas ou grandonas,
quanta perfeição e excelência em um ser
criado por Deus como se fosse para muitos ver
quanto pode ser enorme a riqueza
de quem ama o simples e o feliz 
sem dar bola para qualquer tristeza.

Boa Quarta Feira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário