quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Possivelmente...

...Alguém no mundo me entenderá sem que exija mudanças bruscas e nem faça críticas abusivas de minha boa vontade.


O que eu deixei para atrás foi por que não me levava para frente, e naquela noite em que eu forçava o choro eu rezei desesperadamente que meu caminho começasse a tomar o rumo preciso para eu chegar onde eu sempre quis, sete dias depois te deixei e o que meu corpo e minha essência afirmam é que eu fiz o melhor, estou feliz.


CONFORME-SE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário