quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

"Caminhando e Cantando e seguindo a canção..."

  Acho que não temos que temer muito, deve ser algo decidido de alguma forma, o que há para acontecer. O negócio é o seguinte: Se alguém já conseguiu fazer por que eu não consiguirei? Como diz meu sábio, e cheio de erros, pai, os desafios estão a nossa frente para serem vencidos e temer é algo comum mais que não se deve ter peso na decisão.
    Bom, como visto tem várias coisas mudando em minha rotina, sim eu tenho medo! Mas tudo que está vindo, assim simplesmente tudo bagunçado, deve ser por que é o mais simples de que sou capaz de fazer. Muitas vezes, sempre, tudo que escrevo de mensagens de superação e frases sábias é para a pessoa que eu conheço que as mais necessita: Eu mesma.


Ótima Quarta.


"Caminhando e Cantando e seguindo a canção..." Geraldo Vandré

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

"Essa vida é feita de saudades"

As pessoas se vão e sempre que possível carregam um pouco de nós com elas
alguns se prendem na lembrança de querer ter o que não possuem,
de ficar no drama de acreditar que somente o mesmo é o injustiçado.

Mas é preciso ir, partir, mudar, realizar qualquer verbo de seguir em frente.
É necessário sermos quem somos sem que aja necessidade de magoar algum
querido amigo que permanece ao nosso lado.

Que a vida de todos seja tão doce quanto os meus sonhos de criança
e tão grandioso quanto o meu horizonte.

FELIZ 2012.
"Essa vida é feita de saudades." Frase de Aline Baesso dos Santos

domingo, 11 de dezembro de 2011

Coisas de Princípios.

    Podem até me criticar, como o fazem muito, mas eu sou mesmo muito levada pela beleza, pelo capricho, pela segurança, pela justiça, pelo coração de criança.
    Sou aventureira, comoda, sorridente, amiga, impaciente, sou forte, sou fria, sou sensível, sou quieta, tagarela e muito desconfiada.
    Posso até ser psicóloga, advogada, arquiteta, escritora, mas sempre serei independente, correta, corajosa, humilde e teimosa.
    Sem equilíbrio eu enlouqueço, sem a justiça eu sou infeliz.
    Há quem diga que nada tem haver, mas sou totalmente libra.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Desabafos...

       Existem fatos que magoam, que machucam e que nos mostram que na real nos encontramos em um campo minado. Por que fácil mesmo é sair batendo a porta, dizer que tá queimada, dizer que é a injustiçada, fazer cena dizendo que ninguém a ama, que ninguém a entende, mas na minha nada modesta opinião isso são atos de uma pessoa desprovida de inteligência, uma pessoa sem cultura, sem o mínimo de senso de lidar com outra pessoa, é  por que fácil mesmo é ser birrenta, é fazer barraco, é falar sem medir um milimetro de palavra.
     Mas tudo bem. Cada um com seu estilo de vida, porém esse não é o meu e pessoas assim perdem totalmente o valor, então se pensar em falar comigo, ou chegar como quem não quer nada ou como não houve nada, eu só vou dizer uma frasezinha bem curta e bem fácil de entender: "Vai se ferrar."
    Outra coisinha, se for pra fazer fofoquinha nas minhas costas, que seja pelo menos mulherzinha pra falar na cara.

sábado, 19 de novembro de 2011

Simplicidades...

Acordar nem sempre é o mais simples de se fazer,
jogar aquelas coisas velhas que trás certas lembranças também não,
mas são simples coisas que ajudam a qualquer um se conscientizar que é para frente que se deve andar.
Sempre que possível jogue fora, doe, passe pra quem precisa, todas as coisas que ocupam o lugar de novas.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Adele e seu encanto.


Esta noite aconteceu algo comum, porém mais chocante do que o normal. Adele, cantora britânica, fora me apresentada a cerca de um mês minha grande irmã Thaís colocando no meu not dois álbuns da cantora, dentre muitas músicas ótimas, encontrei a “Rolling in the deep” que expressa muita coisa de mim, ou do meu último amor.
Sim, como muitos, necessariamente todos, eu tenho um grande amor, um amor platônico melhor dizendo, amor por alguém que não me retribui, não pensa em mim como penso no mesmo e nem mesmo fica arregalado como eu durante alguns minutos antes de dormir pensando, lembrando, das boas cenas que formamos juntos.
Ah obviamente você deve ta pensando que eu não amo porcaria nenhuma, mas eu amo sim.
Não sou o coração gelado que aparento ser, meu coração dói como muitos, minhas lágrimas também caem por outro alguém, um alguém que pouco se importa se eu respiro ou não, um alguém que continuou amando, se divertindo, se atraindo por outros sorrisos, por outros amores, por outros sabores horrivelmente diferente de mim, que não me encantei por mais ninguém, que menti pra eu mesma querendo amar outro alguém o ferindo também, sou um alguém que quando sai é na esperança de encontrá-lo e na fé de poder abraçá-lo e nunca mais deixá-lo ir.
Meu coração também dói, me desespero freqüentemente como o dia do fim quando me vejo só em meu quarto, quando me lembro que quem quebrou tudo isso foi eu.
Eu amo sim, amo alguém que nem sabe nada de mim,
Alguém que não percebe minha angústia desesperada, meu coração idiota

Minha mente revoltada. de achar um jeito de revê-lo e poder abraçar sem medo.

mas como disse, é apenas um amor platônico algo inalcançável para mim.
Algo/alguém que faz meu coração disparar, que me faz viajar
neste lindo e horrível sentimento não correspondido.
ahhhhhhh coração demente.

Eu e uma pilha de nós.

Como numa canção, acredito que temos o nosso refrão
a parte calma, a parte mais agitada.
O começo, o meio e o fim...
Embora sempre carregamos em nossos corações a estabilidade
que nos transforma em nós mesmos após uma grande alegria, sorrisos, gritos e comemorações
 ou depois de grandes tristezas, rios de lágrimas, falta de conclusões.
Não podemos ser tão ruins a ponto de não existir alguém para nos apreciar
                      ou tão bons a ponto de a todos agradar.
                      Somos únicos, donos de uma só sintonia
                      Donos de uma vida, seja ela de felicidades, drama ou agonia
                      Lutamos em busca e em recusas de avaliações
                      e as vezes nem nos deparamos que são através
                      das criticas que nos superamos. 
                       Procuramos acertar a sintonia, 
agradar os bons ouvintes.
Somos falhos, grandes, fortes e fracos.
Somos belos, diferentes, deprimentes e bravos.
Somos nós, sós, acompanhados,
separados, juntos, amontoados...
Somos iguais, e diferentes e nossos dons.
Donos de formas diferentes de ganhar, perder e levantar.
Somos irmãos, somos estranhos,
somos companheiros, egoístas 
somos humanos.

Existem pessoas...

...Que como as estrelas, são tão lindas e distantes.


quarta-feira, 16 de novembro de 2011

=)



 E de repente bate um medo na gente
que muitas vezes impede de seguir em frente
nos comportamos como se estivéssemos sozinhos
como se ninguém mais estaria disposto a lutar por nós
e na hora de dormir o sono te engana
e na hora que se deita a cabeça na cama
a culpa, o medo e o receio te mantém acordado...
Durante a noite as coisas parecem mais difíceis 
mas conserve a calma, nunca estarás sozinho.
Existem forças positivas no ar que as vezes
só precisam ser resgatadas.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Pensamentos de quem perde o sono.

     A iluminação não está propriamente em uma pessoa, em um fato, em um rumo da vida, ela está em cada manhã, em cada acordar, em cada despedida.
     A claridade sempre existe, pode até está escondida entre pequenos aborrecimentos do dia-a-dia mas não deixamos que a falta de vontade e lealdade com quem somos deixe que os fatos rotineiros nos bloqueie de todo dia fazer a diferença.
     Nós somos especiais, nós podemos tudo.
    A vida muitas vezes é definida como um jogo, erro em minha opinião... Acho que a vida é como se fosse uma peça de teatro onde cada um é o ator principal, devemos escolher bem os coadjuvantes e os bons para formar um público digno de assistir o nosso fabuloso ato de atuar na improvisação.

Morangos e cavalos escritores.

Algo estava errado, havia fatos incomuns acontecendo e as pessoas pareciam achar normal, mas o que era normal para todos daquela região não era nada comum para ela, houve um boato de que surgiria o primeiro livro escrito por um cavalo, segundo o mesmo isso estava ocorrendo, pois o cavalo andava triste e depressivo com a própria vida, então como se fosse a cura o pobre cavalo infeliz escreveria um livro contando sua trajetória. E isso de forma alguma se tornaria um dia comum para a menina.
Outro fato que não era fácil de relevar, os plantadores de fumo daquela região estavam colhendo morangos nos pés pequenos de fumo que ainda se encontravam e forma de crescimentos nos enormes canteiros da região, e não eram morangos qualquer, eram frutas lindas, grandes e vermelhas, e mesmo assim pareciam que o povo daquela região achava isso também normal.
Talvez a garota houvesse se esquecido que estava sonhando, esquecido que havia adormecido enquanto aquele povo todo sabia que eram apenas loucuras da cabeça dela, um pouco de criatividade excessiva que confundiam idéias e dicas de como levar e escolher seu caminho da vida.
E foi assim, sonhei e acordei as 4:58 da manhã com uma certeza forte em mente. Eu tinha que escrever isso!

domingo, 6 de novembro de 2011

Conclusões pós-balada.

E novamente me vi sozinha com meus pensamentos no meio daquele povo doido dançando. Até havia uns que me agradavam, dois passos no ritmo da música e eu nem consegui saber onde estavam e nem lembrava mais da fisionomia... Horas gostava de cair na gargalhada junto com minha linda amigas e minha afilhada dançado alguma música antiga e com uma letra aceitável para de maravilhar com a sintonia da música e horas eu parava para analisar quantos tipos de festa tinha naquela festa... Havia a festa das meninas que se arrumaram impecavelmente para impressionar, as vezes uma certa pessoa, outras só para ser a melhor do grupinho, havia a  festa dos caras que sairão de casa para beber todas curtir com a rapaziada e pegar a mulherada, tinha até um casal de uns 50 anos que haviam ido mesmo só para dançar, Tinha também a festa daqueles casais já maduros que com outros casais foram para descontrair e fugir da rotina de namoros longos, havia aqueles que procuravam desesperadamente uma namorada, bebiam e depois vinham com cantadas falhas, tinha a festa dos jovens que começaram a bailar a pouco e a dos jovens que já conhecem cada repertório de DJ ou Banda, tinha a festa daquelas meninas que por se preocuparem tanto no "que vão falar, ou pensar da roupa" trilhavam um carreiro fundo até o espelho do banheiro, teve a festa daqueles que nem queriam saber de compromisso e se contentam em alugar corpos de essências desconhecidas para satisfazer os desejos carnais e até mesmo a festa daqueles que nada disso queriam e somente foram para dançar, beber e fazer festa com amizades antigas e verdadeiras. Também vi nos olhos de muitas meninas lindas e com complexo de inferioridade a festa das lamentações onde apenas viam de longe um rapaz belo e conhecido e suspiravam sem nada fazer, sem contar na festa daqueles encontros constrangedores de ex namorados que despertavam nas pessoas uma festa de provocações e ciumes para ver se ainda tinham valor para os que deixaram, teve a festa dos animados, atirados, desanimados, gordos e magros e a minha festa, que foi a mais interessante na minha opinião, a festa de uma guria que teve meia hora pra se arrumar, dois segundos no espelho para se avaliar e uma noite toda para descobrir que em uma só festa a muito mais que dez modos de festejar, se divertir ou se lamentar.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Abraços e Vinhos

Descobri a pouco que como o vinho o nosso abraço pode também ficar melhor quando acrescentado tempo e paciência, pois muitos dos nossos preciosos anjos terminam se afastando quado encontram outras vidas para iluminar, digo, nossos amigos. 
Como é precioso aquele abraço apertado dado na pessoas tão esperadas após um mês sem se ver. Como é especial aquele sorriso visto ao vivo, aquelas palavras que demonstram o quanto você é especial por alguém, é nessas horas que o dinheiro nem fala... Talvez a distância seja a dispensa que deixa os abraços envelhecerem e ficaram mais deliciosas aos bom degustadores, e assim seja encontrado o lado bom da distância, sendo uma pessoa positiva sempre me perguntei onde estava este lado e a pouco tempo o encontrei. Confesso que foi preciso existir a distância em minha vida, a distância de tudo que me fazia muito bem para que eu descobrisse o quanto eu era grande e aprendesse a manter enorme o carinho por essas coisas, pessoas, ambientes, familiares. As vezes eu vejo tantos reclamarem por uma situação mas é inevitável perceber o quanto os faz bem passar por isso ou aquilo. Tudo que nos surge e nos faz pensar mais, deixar nosso coração mais apertado vem para nos educar, nos ensinar a viver, a amar e saber dar mais valor na hora de aproveitar.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Pai...

Eu queria que estivesse ao meu lado todos os dias dando conselhos e chamando a atenção pelos meus erros e falhos acertos. Assim como eu penso muito em ti eu sei que você pensa muito em mim, é torturante viver pensando somente no "o que meu pai faria? Será que me apoiaria?" é que eu tenho muito receio de errar e te decepcionar e ser uma filha longe do que você merece depois de tanto esforço e luta para me criar.
 Foi necessário eu ir embora de seus braços, foi necessário eu errar tanto, cair e escolher caminhos que me levaram para becos sem saída mas eu retornei na reta certa, se é que está certo eu considerar assim. 
Pai, eu queria que você tivesse uma certeza além da que a morte um dia te levará, assim como levará a todos, que eu te amo muito, e não é uma amor só de palavras, de frases e de pidichos (sabe, os ranchos que eu faço lá em casa... srsrsrs) é aquele amor que quando a saudade bate dá um aperto muito forte no coração, seria ótimo saber que um dia, talvez em outra forma de vida, eu pudesse me sentar junto de você e termos conversas longas 
onde você expõe sua forma de ver o mundo, a forma que me faz me encantar por ele.
  Quem dera todas as pessoas do mundo tivessem um pai igual ao meu 
que ao mesmo tempo que é pai é o meu melhor amigo, mãe pode ser uma pessoa essencial na vida de muitos, mas na minha foi meu pai.


"Me perguntaram quem é meu melhor amigo e é claro que sem pensar mais de meia vez eu respondi que era meu Pai."

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Uma Parte Filosófica.

   Não é preciso mostrar para o mundo o que você é, o que você sente, ou exigir o que você quer. Não há necessidade de escrever textos de uma imagem que você gostaria que fosse sua. Muitas vezes és o oposto da biografia. Se há alguma necessidade é a de atender as suas sem afetar os outros sem agir com egoísmo ou com maldade. Não há lógica em se apegar em detalhes ruins do dia-a-dia, enfeite os bons fatos fantasie em sua imaginação e então semeia no coração no próximo um simples sorriso pois talvez seja uma cura do "preciso" do medo, do próprio abismo. Se alguém se foi, seguiu outro caminho e por opção lhe deixou para atrás é por que ocupava o lugar errado e isso poderia fazer mal não somente ao viajante mas para o próprio protagonista da sua vida, Você.
    A propósito não se esqueça que o papel principal da sua vida é você, somente da sua vida. Respeite os espaços, os silêncios, as opções. Seja humilde e na dúvida do que seguir apenas aja com bondade e assim automaticamente o caminho se abrirá a sua frente.

sábado, 29 de outubro de 2011

E eu...

Não voltaria nem um minuto se quer no tempo
e mesmo sabendo que de certas coisas eu me arrependo
eu não voltaria para diferir em algum ato
pois se estou aqui deveras ser o lugar certo para eu estar.
Esse segundo, esse minuto, por isso tudo
eu tive que lutar, correr, me desdobrar e muito
nada até aqui foi de graça, não tive muito descontos
aprendi ser educada na marra, aprendi me virar sozinha
mesmo sabendo que por uma enorme família sou amada.
Mas eu tenho noção de que na hora que eu deitar minha cabeça
no travesseiro será somente eu
os meus sonhos, as minhas realizações e os 
meus desejos.
Metade de mim são lembranças boas e ruins que me ensinaram a crescer
e a outra metade é uma vontade enorme de vencer, de acima de tudo viver.
Sonhe, e sonhe muito grande, mire suas metas sempre nas alturas
nas máximas alturas, pois mesmo errando o tiro ainda assim
estarás acima de muitos.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

final de Quinta

As vezes, bem raras, me sinto distante, sozinha nunca, somente distante...
Não sei ser calorosa como muito dizem, prefiro ser fria
fria parece que tenho facilidade de ajudar, quente eu pifo, derreto e nada esclareço.
A vida tem sido generosa comigo, Obrigada Pai!
Meus amigos tem sido verdadeiros também, passei uma peneira em minha vida e assim consegui apurar os bons seres iluminados. Estas tardes de verão me trazem lembranças tão gostosas, de um dia na casa do pai, de um dia de chegar na faculdade ainda claro, bom mesmo é o final de tarde de verão que me lembra o quanto foi bom jogar taco com a Thaís na praia, o melhor verão!
Como é bom desejar acordar.

=]


#melhorasLucasMuriloeDouglas.

Coisas Bobas

...Eu sei lá, nem entendo

o que ocorre com tanto sentimento
o que eu disse nunca muda
mas tem gente que nunca arruma
um sentimento fixo pra sentir
preferem chorar a sorrir
vivem dizendo que amam
mas no aperto andam
para longe de quem dizem gostar
e nem manifestam se preocupar
com aquele que ficou chorando
por ser deixando e permanecer amando
mas claro isso é diferente
daqueles que machucam agente
dizendo muito admirar
falam bem "para sempre vou te amar"
mas só exigem atenção
sem demonstrar se quer compreensão
esse mundo é mesmo sinistro
desisto, nem insisto
de entender tudo 
esse rolo todo
tão confuso
e tanta complicação
só sabem dar lição
affê!
que abuso.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

valores

Não importa seu TAMANHO
seu medo
seu ESPANTO
Não importa sua raça
seu berço
sua graça
Não importa seu emprego
se é em escritório
ou num simples varejo
Não importa o lugar
onde você mora
ou onde irá chegar
Importa sua garra
sua força
sua estrada
Importa o que conquistou
seu destino
o que por mérito ganhou
Importa é a força da sua procura
a força de sua persistência
do que fazes sua cura
saber lidar com paciência
Importa mesmo é viver com bondade
lutando com e pelobem
sendo justo, aceitando a verdade
sabendo deixar ir e receber o que vem
seja forte
seja honesto
não conte com a sorte
seja guerreiro
seja sempre
você mesmo.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Tristes Fatos

Cada dia é um a mais e a  menos.
cada segundo, cada gesto, cada fato podem ser o ultimo de muitos já feitos.
Sim estou no meu momento de medo e de aflição, ontem dia 23 de Outubro faleceu um grande amigo e também foram para a UTI dois primos, meu coração bate dolorosamente, é um medo crescente um suspense desgraçado que torna até o dia nublado num cenário triste de fim de filme. Ao meu querido amigo Henrique desejo que na nova aventura encontre paz e misericórdia de todos os erros da vida, pois como sabemos todos nós temos, e saiba que por mais que eu tenha visto você tão machucado e triste no caixão onde seu corpo repousará por muitos anos eu jamais me esquecerei do seu sorriso iluminado, do seu bom humor e de todos os seus carinhos desviados para seus amigos, da sua timidez, do seu jeito honesto e trabalhador, e daquelas tardes de sábado onde você alisava e cuidava com tanto carinho o seu carro azul. Aos meus queridos primos Lucas e Douglas eu desejo de coração melhoras, que eu possa ver o "Douglinhas" lá em casa novamente jogando video game com meus irmãos ou jogando bola com toda a alegria e sorriso que ele possuia, e Lucas quero dançar muita vanera contigo einh! Nem pense em nos deixar, suplicadamente peço que o seu anjo d'guarda esteja segurando a sua mão para te manter entre agente, trate de acordar! Até porque ainda tenho que brigar contigo por dirigir sem cautela! Por favor meninos melhorem, e minha Mãe cuide bem desses seus filhos que são pessoas boas, por mais que eles precisem de lições na vida mas cuide deles seja lá onde eles estão agora. Peço aos meus querido leitores que desviem pelo menos um pouco de positividade para todas, não somente essas, famílias para que encontrem a paz de espírito em meio a tanta desordem e aflição.

Obrigada.

sábado, 22 de outubro de 2011

Manipulações

Eu já nem ligo mais se sou bem o mal vista
Aprendi a ser eu mesma
E assim deixei de gaguejar nas entrevistas.
Á vocês pessoas ditas corretas e seguras
Cheia de poder e potencias
Que adoecem por frescuras,
Eu não seguirei seus padrões ou tendências.
Não percam mais tempo olhando para meu all star
Para meu cabelo volumoso
Ou me olhar com medo de já engordar
É que eu não irei fica mal como no normal
Pois onde eu quero chegar
Eu sei que meu coração é considerado especial.
Aos queridos rapazes cheios de segurança
De amores próprios
Donos de listas de vantagens ganhas
Aviso que nada disso me encanta
E que as malícias existentes
Empurram-me mais longe de muita gente
Acredito que a vida é muito mais que uma transa
Mas pode ser que eu esteja errada
Em conservar meu modo resistente
Mas eu sou feliz do jeito mais simples
Do simples abuso do poder da mente
Como versos decorados e livres
Eu crio cada pagina vital
De acordo com o meu ponto de vista
E a favor do meu ideal
Eu não quero guerra, eu sou mais uma passivista.

Delírios de um Cochilo...

Era uma sala branca, paredes de gesso um ambiente pesado sem nada que me encantava. Eram meus passos apressados que ecoavam pela sala, no forro milhares de florescentes clariavam o lugar, era tudo tão branco que eu nem podia calcular a que distância eu estava da parede, e eu corria, corria para qualquer lugar e eu olhei pra baixo eu estava totalmente de branco até minha pele havia se transformado mais branca que o normal, minha veias estavam mais azuis e mais nítidas...Corri muito até chegar a um corredor todo branco também e então uma porta branca surgiu, quase bati de cara nela, e então eu a abri estava em um hospital abandonado, os corredores estava bem a minha frente eu escutava uma menina chorando, soluços vinham do corredor do meio... Estava tudo sujo,empoeirado cheio de coisas velhas, mesas e panos encardidos no chão, achei a menina chorando com os olhos cobertos pelas mãozinhas que estavam bem limpas segurei no braço dela e procurei uma saída, eu sabia que ali não era um bom lugar para se estar, a menina chorava muito mais eu deveria passar tranquilidade, tentava não correr para não assustá-la mais então foi ficando escuro, a menina apertava forte em minha mão até que "Amanhã Colorido" tocou e eu tinha que acordar para executar a profissão de manicure.

As vezes eu tenho sonhos que dariam uma boa história... Achei esse bacana para dividir com alguém!
Beijos Amados! Bom Final de Semana.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Acho que nem tudo é tão maravilhoso ou tão perverso quanto a imagem que nossos olhos vêem e as cenas que nossas mentes criam.

Coincidência Biológica?

Será que os cientistas e engenheiros depois de tantos estudos e esforços iriam aceitar que seus projetos fossem considerados apenas coincidência e que eles nem existem?
É. Eu acredito que nós, água, terra, ar somos muito mais que apenas uma "Coincidência Biológica".

Raindrops - Regina Spektor

E deixo bem claro e tranparente que:




"Mas há uma coisa, eu sei,
Tristeza que eles me enviaram
Não me derrotarão;
Não vai demorar muito
Para a felicidade me encontrar"

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Envelheço Na Cidade


Mais um ano que se passa
Mais um ano sem você
Já não tenho a mesma idade
Envelheço na cidade
Essa vida é jogo rápido
Para mim ou pra você
Mais um ano que se passa
Eu não sei o que fazer
Juventude se abraça
Faz de tudo pra esquecer
Um feliz aniversário
Para mim ou pra você
Feliz aniversário
Envelheço na cidade
Feliz aniversário
Envelheço na cidade
Meus amigos, minha rua
As garotas da minha rua
Não sinto, não os tenho
Mais um ano sem você
As garotas desfilando
Os rapazes a beber
Já não tenho a mesma idade
Não pertenço a ninguém
Juventude se abraça
Faz de tudo pra esquecer
Um feliz aniversário
Para mim ou pra você
Feliz aniversário
Envelheço na cidade
Feliz aniversário
Envelheço na cidade.
Ira.
É, e mais um ano de minha maravilhosa vida se passa, 19 agora! Me deu uma tristeza tão grande quando me deparei que em um ano será 20 e adeus a década de ouro que é a depois dos dez anos e antes dos vinte, mas eu não vou mudar muito, claro alguma mudança ocorrerá, posso dizer que sou grata a todas as dificuldades que eu tive, todos os "não" que ganhei, todas as notas baixas e todas as vezes que meu pai me impediu de ir pra balada antes dos quinze, sou grata a cada gota de chuva que peguei ao andar de bicicleta para chegar na casa das minhas amadas clientes de unha, sou grata a cada vez que eu tive que ajudar meu pai na roça, seja na capinação de fumo ou na grampeação das folhas do mesmo. Agradeço as minhas amigas, estas pessoas muito iluminadas, que me ajudaram a caminhar pelo caminho certo durante o ensino fundamental e médio, agradeço também as amizades da faculdade que transformaram as malícias do mundo em humor nos banquinhos e na cantina lá na Unisul, agradeço a minha linda e inesquecível patroa do salão de beleza, a Marlene, que me ensinou a compreender que nossos problemas as vezes nem chegam aos pés dos daqueles que levam a vida sorrindo, ao meu querido patrão que até hoje não pagou o restante do meu salário que me ensinou desde atender telefones até amar o próprio emprego ignorando as dificuldades e seguindo em frente com um sonho, serei eternamente agradecida ao meu último patrão o qual eu permaneci no cargo apenas 7 meses por não aturar mais o mal humor e a ruindade daquele ser, ele me ensinou que dinheiro é apenas um detalhe e que os ricos também podem ser tristes quando são tolos o bastante a ponto de viver apenas nas exigências e cegueira de humilhar o que tem menos bens registrado no próprio nome. Agradeço especialmente a Deus que me deu a vida, dois braços, duas pernas e um cérebro para poder lutar e conquistar meus próprio espaço, ao meu pai que por mais que tenha encontrado dificuldade na vida jamais abriu mão de mim, a minha mãe "verdadeira" por ter permitido que eu ficasse com meu pai e ter a oportunidade de estudar e ir pra frente, a minha "mãe atual" que me ensinou tudo que eu precisei aprender em minha adolescência e por ter me amado como filha legítima, a minha vó que me ensinou a ter fé, a Tia Dani que me considera filha e me trata como igual, a Madrinha Cida que me ensinou o conceito de limpeza e de capricho, kkkkkk, e que esteve ao meu lado mesmo nas minhas más escolhas, mesmo que tenha ficado e puxado minhas orelhas, agradeço as meninas que moram comigo por ter proporcionado neste ambiente gelado de casa de material o calor dos sorrisos e agrados que uma família as vezes nem tem, aos meninos que encantaram e coloriram a minha vida com beijos e "apaixonites", agradeço a muito mais! Ao Harry, ao tempo, a chuva, ao sol, ao vento, ao amor, a paciência, a persistência, a dor e a mim mesma por jamais ter perdido a esperança e por ter segurando sempre em meu interior a Marílis eternamente criança.

sábado, 15 de outubro de 2011

Delírios da canseira de andar correndo de bicicleta.

E eu aprendo com o tempo que não tem graça no que é perfeito
que a satisfação acontece quando podemos arrumar
de cada peça, cada fase, todo o defeito
seja ele enorme com aparência de impossível
ou algo simples, algo pequeno.
A cada dia, a cada batalha eu vejo o quanto importante foi
reviver cada amor, reviver cada lembrança
e jamais me esqueço que não compreendo este mundo
por que conservei em meu coração a minha criança
É satisfatório ganhar abraços e ver no olhar a imperfeição de ser querida
de ser valorizada, ter a palavra escutada por mais pessoas
pessoas com outros tipos de sangue, de educação, digo de outras famílias.
Saudade é o sentimento lindo que carrego ciente de que
já tive momentos ótimos, momentos inesquecíveis
e esperança considero mais belo já que é a certeza que tenho a confiança
de que em frente tudo será bom, melhor do que as fases que passaram
deixo aqui, nestas letrinhas unidas e significativas a mensagem de uma garota
cansada de tanta correria e feliz por ser tão querida
Não sofra por antecedência.
Por que no final tudo dá certo, tudo fica bem.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Bons Ventos

...Me trouxeram paz nesta nova fase,
ando distante de fatos, junto de outros,
a garra de luta me pegou, impregnou em minha pele
e parece que não irá me soltar,
meus amigos me dizem o que eu preciso ouvir
e num abraço me demonstram tudo que somente posso sentir.
A cada gota de chuva que cai em minha pele transforma meus problemas
em algo que pode derreter e como gelo se some se transformando em solução.
a cada novo dia, a cada manhã me sinto viva para transformar
cada detalhe em uma grande preciosidade.
Estou Feliz.

sábado, 8 de outubro de 2011

Alguns Esclarecimentos para eu mesma.

E ACABA assim. Ocorre mudanças, os dias vem diferentes do hoje, corremos sempre em uma estrada onde não conseguimos ver as pedras e o tamanho delas e as pessoas mudam. Mudam a forma de pensar e de cumprir as promessas... Acho que é meio difícil eu cobrar qualquer cumprimento da palavra se alguma pessoa o fizer para mim, pois eu sei que amanhã é totalmente um mistério e a forma que eu agirei também é. Já prometi tantas coisas e não cumpri... Prometi amar para sempre, prometi que não voltaria mais a ser manicure, prometi que não acreditaria mais nas pessoas, prometi aturar sempre os erros de alguns, prometi até que iria me casar em menos de dois anos, e isso foi no começo do ano, assustador? Também acho... Mas não cumpri, e não cumprirei nenhuma destas promessas. Errei? Isso eu sei, mais me aponte alguém que não errou, sem contar que também já prometeram nunca mentir pra mim, e mentiram mesmo eu dizendo "que todo mundo mente", prometeram ser totalmente atenciosos, me prometeram jamais trair minha confiança, prometeram nunca me abandonar, prometeram sempre estar ao meu lado mas também não cumpriram... É que é complicado isso, essa história de "nunca" e "sempre". Claro culpei cada contradição disto mais talvez hoje eu não culpe mais, afinal será que eu mantive meu bom humor do momento da promessa, digo, será que não deixei a desejar? Na real acho que esse lance de promessas e nuncas e sempres devem sem abolidos de qualquer convivência, de qualquer relação, tirado fora de todas as experiências pois se cada minuto que passa é diferente do outro por que então falamos as coisas acreditando ter o controle de tudo?



Complicada eu? Capaz...

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Capítulos Curtos

Se fosse possível, 
eu mergulharia nos meus sonhos 
te puxaria para perto de mim.


Pois na real, as coisas complicaram
talvez podemos parecer dois estranhos
aos olhos daqueles que nos rodeiam,
mas na verdade já houve muitos sonhos 


Trocávamos palavras sinceras
eu fingia não ter ciúme algum
mas por dentro eu era uma fera


Mas depois de algum tempo
eu tive tanto receio
que acabei jogando tudo no vento
eu tentei te falar
de tudo que eu sentia
mas errei em pensar 
que você queria algum laço


E então tudo acabou.
estraguei tudo.
pronto, fim!

Hora de pular.

Como se fosse possível mandar
naquilo que é preciso, naquilo que resta
como se pudesse tocar
aquilo que se quer, aquilo que nem se manifesta
a distância se torna maior 
as vezes, quando algo se aproxima.
Entender o que ocorre é perda de tempo
é bobagem ocupar com coisas assim,
certas ondas do pensamento
ficar chorando pelo que passou
não irá salvar o que já mudou
sempre em frente é o mais correto
não ligue para o que fica
caminhe sem guardar muito remorso ou afeto.

E as coisas mudam.

As vezes mudanças pequenas, outras vezes de grandes significados.
Hoje é o ultimo dia de uma fase minha, é o ultimo dia de uma linha de rotina, novos ramos, novos compromissos, novas pessoas, novos amigos. Vou deixando para atrás pessoas importantes, pessoas queridas, pessoas que pretendem ser valorizadas um dia, não tenho medo dos novos desafios vou de alma e coração para a próxima fase e eu sei que vou me dar bem. Muito bem.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Eduardo e Mônica

Eu Adoro Essa Música!

Dedicado a todos os corações
que se amam e se respeitam
que não invadem tempo e disposição do outro.
Para aqueles que amam verdadeiramente
sem medo de perder, sendo verdadeiros parceiros 
nas batalhas da vida.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um Desejo?

Desejo o seu abraço, a sua voz numa simples conversa;
um engasgo de não ter resposta;
você contando seus sonhos.
Desejo você me dizendo o quão sonhador é;
o quanto estranho também;
e o quanto apenas vive o hoje.
Desejo você repetindo meu nome;
você segurando minha mão;
dizendo que eu sou dona do seu coração.
Desejo tanto;
Desejo você!
Que de seu simples encanto
fez eu ver o quanto lindo e maléfico
é amar o que não se pode ter.

*Amores*

Eu sempre gostei das borboletas
desde muito tempo, quando ainda era pequena
deve ser pelo modo e leveza 
que elas possuem em voar com destreza 
em poder te acesso a muito lugares
ir para o longe, seguir as próprias vontades
admiro o modo em que chegam sem avisar
e que sem se esforçar encantam quem passa a olhar
os simples detalhes que estas são donas
sejam elas pequenas ou grandonas,
quanta perfeição e excelência em um ser
criado por Deus como se fosse para muitos ver
quanto pode ser enorme a riqueza
de quem ama o simples e o feliz 
sem dar bola para qualquer tristeza.

Boa Quarta Feira!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Facilidades *quase* Impossíveis.

    É realmente uma fato triste saber que temos em mãos todas as ferramentas para tornar o mundo um lugar mais simples de se viver e mesmo sabendo disto não executamos muitas obras com essa equipamento.
    As vezes pensamos que deixar de sorrir, sonhar e simplesmente falar com compreensão não afeta os demais que estão em nossa volta, e se isso abrir os olhos de alguém, afeta sim! E muito.
    Se hoje estiveres aborrecido, irritado, de saco cheio com a sua vida por favor SEJA EGOÍSTA e guarde esses sentimentos só para si. Saiu de casa estressado? Deixe o estresse lá e se isso ocorreu no serviço aja da mesma forma. Machucou-se em algum lugar? Está doendo? Agradeça! Seus sentidos estão funcionando. O serviço é ruim? Patrão ou funcionário é irritante? Persistente? Agradeça! Você é parte da porcentagem dos brasileiros que tem emprego. Faculdade está "ferrada"? Cheia de provas e trabalhos e dos professores mais exigentes? Agradeça também, pois você se encontra em evolução e tens chance de ser destaque na carreira e na vida profissional. Jamais esqueça que nosso maior poder esta em nossa face e em nossos olhos que são os sorrisos e o modo de ver a vida.
Bom Dia.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Ao meu Futuro Grande amor

Seja ele quem for.
Que seja um objeto, uma pessoa,
Um livro ou uma carreira,
que meu futuro grande amor
carregue em sua essência 
a simplicidade das coisas simples
e que tenha como exelência
a visão futura, a alma leve
os braços fofos e sorrisos livres
que admita a mentira
que saiba até onde errar
que encontre conforto num simples silêncio
e que sorria ao meio de muito barulho
que compreenda o velho tão bem quanto o jovem
que seja guerreiro
que tenha algum luxo
que também exista além
dos versos escritos
numa tarde chata
onde eu apenas consigo mergulhar 
nos meus próprios abismos. 

Rabugices

É realmente um sentimento lindo, puro e delicado, tudo é rosa, tudo é só estrelas.
Mas algo é deixado para trás quando ocorre a paixão, o desejo e a neurose de quem se "amarra" em alguém.
Deve ser pelo fato de eu já ter namorado, criticamente, e por estar hoje solteira, feliz, independente e sem desejo algum para entrar em qualquer relação afetuosa entre eu e outro ser do sexo oposto que muitas garotas vem chorar e derramar mágoas e dúvidas de balde em cima de mim, minha opinião? De verdade? PELO AMOR DE DEUS!  Deixem seus amados respirarem! Coitados, mal podem ficar dez minutos a mais no serviço, ficar sem dar os malditos toques de celular numa noite que essas gurias já entram em pânico. Por favor seres femininos realizem, não é por que eles continuam vivendo a vida e a rotina deles, continuando dando atenção a mãe, irmã, irmão, pai, vizinho, cachorro, patroa, peixinhos, pássaros, carro, moto ou seja lá o que tiverem que eles não as amam, parem de cobrar e fazer birra!  Quanto mais cobrarem mais serão cobradas, se valorizem! Se é amor que eles sentem eles não as deixaram e se não for melhor que se vá mesmo, afinal namoro é assim, são duvidas, são adaptações, sacrifícios entre outras coisas desagradáveis, se não gostarem então fiquem solteiras.
Apenas minha opinião.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Algo Lunático


Existe amizade mais linda
do que aquela que te aconselha
  só em palavra escrita?
Ao meu ver, 
não existe descanso melhor
do que ir ler.
Por que sem exigir nada 
ler me carrega para outro mundo
é viajar numa casa alada
ou andar em cima de um muro
apenas escutando o som do próprio pensamento.
Ler é viajar sem medo de ficar
por mais que queremos
algum som vem resgatar
a nossa alma que viaja para longe
carregada pelo vento
do próprio pensamento.

Acreditar que o mundo é perfeito e que todas as pessoas são felizes ♪

Cada pessoa tem uma história, um desafio, um problema. A cada sorriso uma vitória, uma superação, um dilema. Podemos ser de países diferentes, de famílias desiguais mas nossos corações batem num ritmo só. Mesmo os mais corretos quanto os mais errados todos estes buscam apenas acalmar o desejo e a sede do coração. A justiça que nos move é a mesma que faz com que alguns seres se desvirtuem para o "lado negro da força", não culpe totalmente aqueles que tiram vidas, que acabam com a própria eles certamente não tiveram a educação e a vida "correta" que você teve. Nesta correria de cada dia vimos passar como filme as nossas vidas, muitas vezes terminamos fazendo, sem perceber, escolhas que nem foram as sonhadas, ainda assim prefiro acreditar que a felicidade mora nos olhos, no ato de aceitar cada manhã e cada dia como se fossem os últimos de nossa vida e quem sabe assim aprendemos a lidar melhor com os fatos, com os mal humorados fazendo com que cada segundo que passe rápido seja pelo menos notado.

Todos temos nossas cruzes a carregar algumas mais leves ou mais pesadas mas sempre no peso de nossa capacidade, mesmo assim devemos lembrar que por mais que seja difícil acordar todo dia é um presente é a oportunidade de escrever o que nos desagrada diferentemente.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Podemos...


...Vestir uma roupa que mude nossa aparência, alisar os cabelos, pintar o rosto mas nossa essência não muda com um simples toque ensinado por pessoas que tentam manter padrões.

Saudades...

"Saudades é a palavra que resta a dizer quando lembranças passadas vem alegrar minhas noites e me encantam até que eu adormeça e sonhe com a continuação de cada passagem das fases que eu me recordo"

...De tudo que eu tanto desprezei um dia, das tardes quentes daquele silêncio todo, era interior, era calmo, era puro, era minha morada e eu era feliz mesmo sem saber o que era felicidade. A volta dos serviços da roça era tão boa e era escuro já, sapos coaxavam e cigarras bem longe cantavam aquilo era minha respiração, aquele ar fresco da noite, aquele cheiro de mato, aquilo era o que eu queria tanto hoje, era o cenário que eu queria me livrar. Era chato trabalhar tanto nos serviços braçais mas mesmo assim íamos rindo pro serviço e voltávamos mais felizes ainda, as vezes por ter dado conta de serviços atrasados ou rindo apenas por piadas bobas sem malícia. A noite depois do banho esgotada eu sentava lá no sofá que ficava na cozinha, minha madrasta fazia aquela panelada de sopa ou minestra enquanto meus irmãos se brigavam pelo vídeo game no quarto e minha irmã bajulava meu pai que estava deitado no sofá eu me concentrava nos programas chatos da TV e era tão bom! Me lembro que nem tinha internet, as vezes me ocupava desenhando em cadernos usados, escutando ABBA no rádio da minha madrasta e lendo antes de dormir. Meu quarto tinha as paredes amarelas, cabia apenas minha cama e um guarda-roupa de 6 portas, ao lado da porta tinha meu raque com livros e caixinhas de jóias como decoração, nas paredes posters do Harry Potter e de Star Wars e na alma um desejo besta de querer me livrar daquilo tudo...
Mas deixo estar que amo essa fase, gosto do meu quarto hoje, das minhas coisas, dos meus bens conquistados por mim, pois ainda assim pode vir o dia em que eu tratarei estas lembranças e imagem como saudade.

Algumas Observações.

Como é de se perceber não precisa ser objeto fino para me conquistar.
 Que tarde boa de segunda feira!
Em minha frente uma janela de vidro entre aberta onde eu consigo ver a cidade turvense de cima, não há muita graça em ver telhados mas isso muito me agrada, há um vento calmo e frio que entra pela fresta na janela que acompanhado por uma caneca, pequena, de café tranqüiliza tanto que até parece que essa energia toda boa que eu tenho agora veio para nunca mais me deixar. Desejo que muitos outros apreciem isso tudo, este pouco.
: )

domingo, 25 de setembro de 2011

Final de Domingo.

Digamos que existe sonhos demais em uma pessoa, digo isso por mim... Sim, será bem difícil achar alguém semelhante a eu. É muito sonho e muito faz de conta, sou dona de uma alma de um outro planeta, assim analiso vendo o mundo em que vivo e encaixando nas minhas vontades, nos meus desejos... Sempre tive amores platônicos, amores longes, amores distantes sempre gostei de ler, de dormir e de acordar quando o dia é ensolarado, sei que tenho um dom que poucos conseguem ver, injustiças me atormentam tanto que me deixam bloqueada para mim ninguém é melhor que ninguém, todos temos um lado bom só devemos aprender em qual parte desse grande livro chamado vida que o lado bom aparece. Como um artigo de jornal trato cada coisa ruim, lendo uma vez e deixando de lado. Incomodando alguns ou não, se eu amasse o que deixei para trás eu teria resgatado e lutado para ter ao meu lado até hoje.
Boa Semana a Todos.

Lições quase invisíveis.

Estava eu andando na praça voltando para a casa, chateada, de mal humor e reclamando, então começou a chover, fininho, mais começou e eu então explodia de uma raiva silenciosa meus passos pareciam não ser o suficiente, meu tempo de "sobra" noturno parecia ter ficado pouco sentia as gotas de água percorrerem até meu pescoço, ahhh que raiva! não tem coisa que me deixe mais incomodada que isso mas como Deus é pai e não é padrasto, observei então na rodoviária duas crianças, índios, brincando sentadinhos ao lado de uma goteira de colocar a mão entre as gotas de água sem que molhassem a mão, era uma disputa! Eles riam gostosamente e caçoavam uma da outra de molhassem as mão, obviamente eles já estavam bem molhados havia uma senhora sentada ao lado de uma pilha de balaios que não parecia nem reparar nas crianças, ela olhava tristemente para as poças de água e me olhou por instantes e depois contemplou os próprios pés, como eu pude ser tão idiota a ponto de estar com tanta raiva da chuva, do dia, da correria, eu estava com raiva das coisas que aquela gente gostaria de ter, a segurança de ter onde dormir, de ter o que comer, do salário no começo do mês de todos estes detalhes que a detalhista aqui esquece de reparar, o riso daquelas crianças ecoam na minha memória, se existe luz no fim do túnel a minha era composta de risos infantis. 

Não sou a única que reclama de coisas assim, espero que todos que reclamem como eu reclamei tenham a oportunidade de se maravilhar com aqueles sorrisos, sinceros e gostosos. Proporcionando assim uma visão do quanto somos sortudos de termos acessos a tantas coisas que se enquadraram em nossa vida tornando partes invisíveis por ex: internet, telefone, casa, comida, emprego entre outros. Jamais se esqueça de agradecer, agradecer a toda a sua educação, sua estrutura e a Deus que lhe permitiu nascer e desfrutar disto tudo.